ACT não deteta irregularidades nos horários laborais na Aveiro BUS mas deixa recomendação sobre videovigilância.

2018-02-07 10:46

Categoria: 

Concelho: 

A Autoridade para as Condições de Trabalho não detetou irregularidades na gestão dos horários dos funcionários do grupo ETAC que gere a concessão de transportes em Aveiro.

Esta questão tem merecido reparos por parte de vários partidos e de funcionários que acusam desgaste por serem obrigado a estar disponíveis para a empresa ao longo de várias horas sem cumprir um mínimo de descanso de 11h.

BE e PCP levantaram a questão da segurança com o desgaste provocado mas inspeções da ACT dizem não registar infrações neste capítulo.

Ainda assim “o Bloco de Esquerda reitera a sua preocupação com as jornadas laborais de 14 e 15 horas a que os motoristas são sujeitos na AveiroBus”.

A recomendação vai para o sistema de videovigilância nos autocarros medida contestada pelos partidos de Esquerda.

Na resposta ao requerimento enviado pelo BE, o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social informa igualmente que a videovigilância à distância não está em funcionamento nos autocarros por estar ainda "pendente de parecer da CNPD - Comissão Nacional de Proteção de Dados".  

terranova@terranova.pt

Endereço Postal: 
Apartado 42
Rua Gil Eanes, 31
3834-908 Gafanha da Nazaré

Estúdios:
Rua Prior Guerra
Edifício do Centro Cultural da Gafanha da Nazaré
3830-556 Gafanha da Nazaré

Tel: 234 390 100
Fax: 234 390 103