Ílhavo: Secretário de Estado do Ambiente pede tempo para estudar gestão da Ria de Aveiro.

2024-05-27 14:50

Tópicos: 

Categoria: 

Concelho: 

Áudio da Notícia:

O Secretário de Estado do Ambiente admite que ainda não tem respostas sobre o futuro da gestão da Ria de Aveiro.

Emídio Sousa participou, este fim de semana, em evento da JSD Distrital que organizou em Ílhavo a cimeira do mar.

O governante assume que sendo recente no cargo não tem ainda respostas para lá das que se desenhavam com uma nova vida do programa Polis.

Depois de vários oradores terem falado sobre o tema, o Secretário de Estado do Ambiente assumiu que este não é ainda o tempo das respostas (com áudio)

A Cimeira do Mar foi um grito de alerta também sobre o futuro da ria de Aveiro.

Autarcas locais e cientistas admitem a urgência do problema.

Fátima Alves, Diretora do Departamento de Ambiente e Ordenamento da Universidade de Aveiro, diz que os problemas e a volatilidade dos desafios exigem capacidade de resposta e tomada de decisão (com áudio)

O Museu Marítimo de Ílhavo recebeu a Cimeira do Mar e os agentes locais reclamam mais partilha de informação e participação na tomada de decisão.

A Ria de Aveiro e o Porto de Aveiro, a defesa do litoral, o desenvolvimento sustentável da região, a alterações climáticas e o futuro da economia do mar foram temas em destaque.

Ribau Esteves deixou referência à importância de vincular o património arqueológico aos locais das descobertas.

Referência aos achados da ria que os municípios querem ver ao serviço da investigação e expostos em museu próprio.

O autarca pede decisões à Ministra da Cultura, Dalila Rodrigues (com áudio)

Recados deixados na Cimeira do Mar, este fim de semana em Ílhavo.